Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa fecha em baixa de 3,85%; dólar fecha a R$ 2,29

Em um dia de muito sobe-e-desce, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) encerrou o pregão desta quarta-feira com perdas de 3,85%, aos 38.593 pontos. Após abrir com forte queda, a Bolsa chegou a ensaiar uma reação por volta de 11h, mas voltou a cair.

Redação com agências |

 

Acordo Ortográfico Já a moeda norte-americana virou e, após três leilões de dólar do Banco Central, fechou em baixa de 0,74%, cotada a R$ 2,294. Na terça-feira, o dólar fechou em alta pela quarta sessão consecutiva, cotado a R$ 2,311, seguindo o contínuo mau humor e as incertezas dos mercados globais.

Ontem, o Ibovespa naufragou 4,66%, para 40.139 pontos, atingindo o menor nível de fechamento em quase dois anos. Só em outubro, o índice já acumula desvalorização de 19%.

Segundo analistas, o mercado segue desesperado com a perspectiva cada vez mais forte de que o prolongamento da crise financeira está conduzindo o mundo para uma recessão profunda.

Hoje, em uma ação inédita e emergencial, seis bancos centrais cortaram os juros para tentar evitar um aprofundamento da crise financeira global. A decisão foi feita em conjunto pelos bancos centrais Europeu, dos Estados Unidos (Fed), da Inglaterra, Suécia, Suíça e Canadá.

O Fed cortou a taxa básica de juros em 0,5 ponto percentual, que passa de 2% para 1,5%. No mesmo movimento, o Banco Central Europeu reduziu os juros em 0,5 ponto percentual, de 4,25% para 3,75%.

O Banco da Inglaterra, que tomaria uma decisão na quinta-feira sobre a manutenção ou não da taxa de 5%, uniu-se aos outros cinco bancos e baixou os juros para 4,5%. E o governo britânico anunciou detalhes de um pacote no valor de até 50 bilhões de libras esterlinas (o equivalente a cerca de US$ 88 bilhões) para resgatar o sistema bancário do país.

(Com informações do Valor Online e da Agência Estado)

Mais notícias:

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre Bovespa

Leia tudo sobre: mercados

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG