Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa ensaia alta, mas volta ao território negativo; Dólar sobe

SÃO PAULO - Depois de um começo de pregão bastante pessimista, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tenta vencer a instabilidade. Depois de ensaiar uma alta avançando 0,5%, por volta das 14h45 o Ibovespa perdia 0,28%, para 38.

Valor Online |

411 pontos, com giro financeiro em R$ 1,72 bilhão.

Em Wall Street, o Dow Jones segue operando em território negativo, mesmo depois que o Tesouro garantiu recursos para as montadoras. O pacote de US$ 14 bilhões que tramitava no Senado foi derrubado na noite de ontem, trazendo pânico aos mercados no começo desta sexta-feira. Há pouco, o Dow Jones caía 1,35%, enquanto o Nasdaq operava estável.

Os ânimos começaram a se acalmar depois que Casa Branca anunciou que estava considerando utilizar parte dos US$ 700 bilhões do plano de resgate ao setor financeiro para ajudar as montadoras. Pouco depois, o Tesouro deu garantia de financiamento às empresas enquanto os congressistas discutem um plano de longo prazo.

Os investidores também receberam mais uma rodada de indicadores econômicos. As vendas no varejo nos EUA caíram 1,8% no mês passado, queda menor que a estimada. E Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) daquele país apontou deflação de 2,2% em novembro, resultado superior à queda estimada de 2%. Já o núcleo do indicador, que exclui alimentos e energia, subiu 0,1%, conforme o esperado.

No câmbio, o dólar segue avançando ante o real. O cenário externo conturbado cria espaço para uma correção de preço depois da perda de 5,4% acumulada nas últimas sessões. Há pouco, o dólar comercial subia 1,96%, para R$ 2,391, na venda.

No âmbito corporativo, as ações PN da Petrobras voltam a oscilar em território negativo, recuando 0,26%, para R$ 22,27. Mantendo o índice em território negativo, Vale PNA caía 0,60%, para R$ 24,62, BM & FBovespa ON perdia 1,83%, a R$ 5,89, e Bradesco PN recuava 0,57%, para R$ 24,26.

Na ponta compradora, destaque para as ações ON da Rossi Residencial, que ganhavam 5,57%, para R$ 3,30. No setor de telecom, TIM Part ON subia 3,91%, para R$ 7,17, e Brasil Telecom SA PN aumentava 2,63%, para R$ 19,50. As aéreas seguem em alta com os papéis PN da TAM se valorizando 3,40%, para R$ 20,96. Gol PN tinha ganho de 2,85%, a R$ 10,08.

As ações do frigorífico JBS, dono da marca Friboi, continuam a liderar as perdas dentro do índice. O papel ON caía 8,28%, para R$ 5,09. O Japão parou de importar carne de uma das unidades da empresa nos Estados Unidos depois de encontrar produtos fora da especificação em uma das encomendas.

Queda acentuada também para ALL Logística unit, que perdia 7,60%, para R$ 9,24. Redecard ON, Gafisa ON e Telemar PN perdiam mais de 3% cada.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG