Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa dispara com aposta em plano salvador de Obama

Por Aluísio Alves SÃO PAULO (Reuters) - Esperançosos com um megaplano de investimentos para tirar os Estados Unidos da crise, os investidores foram às compras, levando a Bolsa de Valores de São Paulo ao maior patamar em cinco semanas.

Reuters |

Com uma disparada de 8,31 por cento, o Ibovespa chegou aos 38.284 pontos. O giro financeiro da sessão somou 4,79 bilhões de reais, acima da média diária recente.

De acordo com profissionais do mercado, o foco dos negócios foi o anúncio feito no sábado pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, de um plano para criar 2,5 milhões de empregos, que incluiria o maior investimento em infra-estrutura desde a década de 1950.

Em outra frente, o mercado também aguardava detalhes de outro plano, este destinado A injetar cerca de 15 bilhões de dólares em recursos do governo nas montadoras de veículos do país para salvá-las da falência.

"Num dia de agenda econômica fraca, o investidor procurou alguma notícia para voltar a comprar ações e encontrou nesses planos", disse Roberto Além, economista da M2 Investimentos.

A expectativa de que empresas ligadas a energia e commodities metálicas seja beneficiadas com o plano de Obama levantou as ações de empresas ligadas a esses setores.

Na esteira da disparada de 7 por cento da cotação do barril de petróleo, Petrobras deu um salto de 11,3 por cento, a 20,21 reais.

Ainda mais otimismo foi depositado no setor siderúrgico. Gerdau, que tem filiais nos Estados Unidos, cresceu 14,4 por cento, para 15,60 reais. Usiminas foi além, disparando 15,4 por cento, a 25,62 reais.

Num clima de tal entusiasmo, nem o anúncio da Vale, de paralisação de duas pelotizadoras no Espírito Santo, por causa da desaceleração global, conseguiu impedir a ação da empresa de subir 10,3 por cento, a 23,71 reais.

E a onda compradora, inicialmente concentrada nas ações de empresas com alguma ligação com obras públicas, acabou se espraiando para todos os setores da bolsa. Das 66 ações que compõem o Ibovespa, 57 registraram valorização.

Segundo profissionais do mercado, o anúncio de desaceleração na inflação doméstica acrescentou otimismo ao investidor da Bovespa.

O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,07 por cento em novembro, seguindo o avanço de 1,09 por cento em outubro, derrubando os juros futuros na BM&F e alimentando expectativas de que o Banco Central antecipe para o início de 2009 o início de um ciclo de cortes do juro doméstico, hoje em 13,75 por cento ao ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG