Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa diminui 1,16% e dólar sobe 1,63%, a R$ 2,361

SÃO PAULO - Depois de subir mais de 11% em duas sessões, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanha o sinal externo e passa por uma realização de lucros. Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa perdia 1,16%, aos 34.

Valor Online |

408 pontos, com giro financeiro em R$ 171 milhões.

Em Wall Street, a sinalização também é de baixa, ante uma carregada agenda de indicadores e o feriado da quinta-feira, Dia de Ação de Graças. Há pouco, os investidores receberam os dados sobre os gastos do consumidor em outubro. O norte-americano gastou 1% menos no mês passado, seguindo uma retração de consumo de 0,3% em setembro.

Na Europa, as vendas prosseguiram mesmo depois do anúncio de um plano de 200 bilhões de euros para estimular a economia nos países da União Européia. Há pouco, Londres perdia 1,59%, enquanto Frankfurt recuava 1,23%.

No câmbio, o dólar também ajustava preços depois das perdas recentes. Há pouco, a divisa valia R$ 2,361 na venda, alta de 1,63%.

Dentro do Ibovespa, os papéis da Petrobras puxavam as perdas, recuando 2,11%, a R$ 18,95. O ativo PNA da Vale cedia 2,51%, a R$ 23,30.

Destaque para o papel PN da Sadia. Com o quarto maior volume do dia, a ação ganhava 3,88%, a R$ 3,48. Ontem, o ativo ganhou mais de 15% em meio a rumores de venda da companhia para a Nestlé.

Forte alta também para o papel ON da TIM Part, que avançava 9,30%, a R$ 6,46. Um jornal italiano informou que o conselho de administração da Telecom Itália estuda a venda da operadora de telefonia celular para a espanhola Telefónica. O papel PN da TIM ganhava 8,38%, saindo a R$ 3,75.

Corrigindo o forte ganho de ontem, Gerdau PN perdia 3,02%, para R$ 12,50. Perda de 3,40% para ação ON da Rossi, que valia R$ 2,84, e Cesp PNB desvalorizava 3,33%, a R$ 12,46.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG