SÃO PAULO - A quarta-feira deve ser de realização de lucros na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) que acumula ganho de 11,40% nos últimos dois pregões. A indicação é dada pelo Ibovespa futuro, que opera em baixa na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F).

Há pouco, o contrato com vencimento em dezembro perdia 1,27%, para 34.850 pontos.

Indicação de venda também é observada em Wall Street e já é realidade na Europa, onde os índices em Londres e Frankfurt perdem 1,85% e 1,34%, respectivamente.

Há pouco, o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, anunciou um plano de 200 bilhões de euros, o que representa cerca de 1,5% do PIB da União Européia, para estimular a economia regional.

A agenda do dia é bastante carregada, concentrando uma série de indicadores sobre a economia norte-americana em função do feriado do Dia de Ação de Graças, que manterá Wall Street inoperante na quinta-feira e com meio expediente na sexta-feira.

Atenção para os dados sobre a renda e o gasto do consumidor e o índice de preços relacionado. Também são apresentados os pedidos por bens duráveis, a venda de imóveis novos, os pedidos por seguro-desemprego e o índice de confiança da Universidade de Michigan.

No âmbito político, o presidente eleito Barack Obama deverá apresentar, ainda hoje, um conselho econômico formado por especialistas de fora do governo para ajudá-lo na formulação de planos para criação de empregos e para trazer estabilidade ao sistema financeiro. Ontem, Obama nomeou Peter Orszag como responsável pelo orçamento.

No lado financeiro, a seguradora AIG fechou um acordo de US$ 40 bilhões com o Tesouro sob os termos do Troubled Assets Relief Program (TARP), o plano de US$ 700 bilhões para o resgate do setor. Pelos moldes dos negócios, o Tesouro comprou ações da seguradora que utilizará o dinheiro para pagar parte do empréstimo que tem com o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano.

O pregão de ontem deve dois momentos distintos. A euforia do período da manhã, depois que o Fed anunciou um plano de US$ 800 bilhões para estimular o crédito ao consumidor e a instabilidade do período da tarde, com os investidores tencionando embolsar os ganhos recentes.

No final do dia, as compras acabaram prevalecendo, com o Ibovespa registrando alta de 1,83%, aos 34.812 pontos. O giro financeiro somou R$ 3,72 bilhões. Em Wall Street, o Dow Jones acabou garantindo o terceiro dia seguido de alta ao avançar 0,43%, já a bolsa eletrônica Nasdaq perdeu 0,50%.

Na Ásia, apenas a Bolsa de Tóquio apresentou variação negativa nesta quarta-feira, caindo 1,33%. Em Seul, a alta somou 4,72%, Hong Kong ganhou 3,81% e Xangai avançou 0,49%.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.