Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa começa com perda de 2,24%; dólar sobe 1,46%, a R$ 2,212

SÃO PAULO - Os investidores aproveitam o mau humor do mercado externo para embolsar os ganhos recentes na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Vale lembrar que em seis pregões o índice avançou 16%.

Valor Online |

Passada cerca de meia hora de sessão, o Ibovespa apontava queda de 2,24%, aos 41.366 pontos, com giro financeiro em R$ 290 milhões.

O mercado brasileiro replica o sinal negativo vindo de Wall Street, onde os negócios ainda não começaram mas os índices futuros apontam para baixo, e das bolsas européias, que também passaram por ajuste de baixa. Há pouco, o FTSE-100, da Bolsa de Londres, caía 1,43%, enquanto o Xetra-DAX, de Frankfurt, perdia 0,58%.

No mercado de câmbio o dia também é de correção. Em quatro dias o dólar perdeu 9,6% contra o real. Na sessão de ontem, operadores já alertavam sobre a possibilidade de repique técnico. Há pouco, o dólar comercial era transacionado a R$ R$ 2,212 na venda, alta de 1,46%. Atenção para os dados parciais sobre o fluxo cambial que serão apresentados ainda hoje.

De volta ao Ibovespa, Petrobras PN puxava as perdas recuando 3,06%, para R$ 24,67. Vale PNA caía 3,03%, a R$ 28,07, o ativo acumulava alta superior a 20% em três pregões.

Ajuste de preço também para as siderúrgicas. Usiminas PNA caía 2,95%, a R$ 30,25. CSN ON recuava 3,38%, a R$ 35,35, e Gerdau PN desvalorizava 2,25%, para R$ 23,49.

Entre os bancos, Itaú PN apontava queda de 1,99%, para R$ 29,54, Bradesco PN recuava 2,07%, a R$ 24,97, e Banco do Brasil ON caía 2,91%, a R$ 15,65.

Destoando, Aracruz PNB subia 4,41%, a R$ 2,84. Telemar PN recuperava parte das perdas de ontem avançando 2,09%, a R$ 31,14, e TIM Part ON ganhava 2,02%, a R$ 5,03.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG