Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa começa com perda de 0,79%; ação PNB da Aracruz cai mais de 11%

SÃO PAULO - Seguindo o pessimismo externo, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a terça-feira em baixa. A preocupação com o setor financeiro nos Estados Unidos e na Europa ofusca o otimismo com a posse do presidente norte-americano Barack Obama.

Valor Online |

Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa perdia 0,79%, para 38.520 pontos. O giro financeiro estava em R$ 123 milhões.

Em Wall Street, o pregão não começou ainda, mas a sinalização é de baixa, com os investidores ainda preocupados com a saúde dos bancos e com fracos resultados corporativos.

Na Europa, o dia segue instável, com as ações dos bancos ensaiando reação depois das perdas acentuadas de ontem. Em Londres, o FTSE-100 registrava alta de 0,25%, enquanto o Xetra-DAX de Frankfurt, caía 0,03%.

No câmbio, o dólar se fortalece ante as principais moedas e também avança sobre o real depois de dois dias seguidos de desvalorização. Há pouco, a moeda era negociada a R$ 2,362 na venda, alta de 1,28%.

Dentro do Ibovespa, foco nas ações da Aracruz. A VCP fechou acordo com as famílias Lorentzen, Moreira Salles e Almeida Braga para dobrar sua participação na companhia comprando mais 28,03% das ações ON por R$ 2,71 bilhões. Além disso, a Aracruz teria fechado um acordo para pagar mais de US$ 2 bilhões devido a 9 bancos por perdas com derivativos cambiais.

O papel PNB da Aracruz liderava o volume negociado recuando 11,32%, para R$ 2,35. O ativo ON, menos líquido, está em leilão, pois ofereceram mais de R$ 17 para papel que fechou a R$ 5,6 ontem. Já o ativo PN da VCP desvalorizava 3,71%, custando R$ 15,56.

A VCP também estendeu a oferta a outro integrante do bloco de controle da Aracruz, a Arainvest, oferecendo as mesas condições de pagamento, por outros 28,03% das ações ON. O negócios também envolve o BNDESPar, migração da Aracruz para o Novo Mercado e transformação da companhia em subsidiária da VCP.

Seguindo o preço das commodities, Petrobras PN caía 0,62%, para R$ 23,68. Vale PNA desvalorizava 0,53%, a R$ 26,25.

Entre os bancos, Itaú PN desvalorizava 1,02%, negociado a R$ 24,05. Bradesco PN cedia 0,56%, para R$ 21,11, e Banco do Brasil ON perdia 0,20%, para 14,41.

Na ponta compradora, GOL PN subia 1,68%, a R$ 11,49, Telesp PN ganhava 0,51%, a R$ 40,76, e TAM PN avançava 0,27%, a R$ 18,15.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG