O índice Bovespa ampliou as perdas no início da tarde e opera abaixo dos 50 mil pontos. Às 13h49, o Ibovespa registrava queda de 3,47% a 49.

754 pontos, na mínima do dia até este horário. O volume de negócios somava R$ 2,86 bilhões. Pela manhã, o índice já esteve no campo positivo, com alta de 0,61% a 51.856 pontos, na máxima, ajudado pelas Bolsas americanas, que começaram o pregão em alta. Mas o Ibovespa voltou para o negativo e aumentou a baixa quando o índice Dow Jones também virou e passou a operar em baixa. Às 13h51, o Dow Jones caía 0,24% a 10.989 pontos; o Nasdaq cedia 0,10% a 2.176 pontos e o S&P 500 caía 0,37% a 1.202 pontos.

Com a queda do petróleo no exterior, as ações da Petrobras também recuam. Petrobras PN (preferenciais) cedia 5,16% e ON (ordinárias) desvalorizava 5,28%. Vale PNA cai 4,65%. Petrobras e Vale são as ações mais negociadas na Bolsa brasileira, respondendo por mais de R$ 1 bilhão do giro financeiro.

No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial era negociado em alta de 1,45% a R$ 1,819. Na taxa máxima do dia até agora, o dólar chegou a R$ 1,825; a mínima ficou em R$ 1,804. Ontem a moeda americana tinha fechado em baixa de 2,08% a R$ 1,793.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.