Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa cai 2,56% acompanhando cenário externo

SÃO PAULO - Mais uma vez o rumo dos negócios na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) é determinado pelo humor externo - e ele não está bom. Em baixa desde o começo dos negócios, Ibovespa registrava queda de 2,56% por volta das 13 horas, aos 34.

Valor Online |

106 pontos, com giro financeiro de R$ 899 milhões.

De acordo como o analista da Um Investimentos, José Manuel, o sentimento dos investidores piorou conforme foram divulgados novos indicadores sobre a economia norte-americana, em especial os dados sobre o mercado de trabalho da ADP.

Segundo a empresa que processa folhas de pagamento, foram fechadas 250 mil vagas no mês de novembro no setor privado norte-americano. Outra empresa que acompanha o mercado de trabalho, a Challenger, Gray & Christmas, revelou que, no mês passado, só no setor financeiro foram perdidos 91.356 postos de trabalho, segundo pior mês desde setembro de 2001.

Esses mesmos dados também estimulam as vendas em Wall Street, onde o Dow Jones registrava queda de 2,03%, enquanto a bolsa eletrônica Nasdaq perdia 1,90%.

No câmbio, o dólar continua ganhando valor ante o real. A moeda chegou a recuar para R$ 2,374 depois de dois leilões venda de moeda no mercado à vista. Há pouco, a divisa era negociada R$ 2,405, elevação de 0,54%.

Mudando o foco da análise, José Manuel acredita que as ações brasileiras estão com preços bastante atrativos e que o momento atual representa uma janela de oportunidade que pode levar anos para aparecer novamente. " É um momento precioso para as pessoas que podem investir e esperar " , afirma o especialista lembrando que quem tiver paciência pode ganhar muito dinheiro.

O analista lembra que a economia norte-americana tem uma surpreendente capacidade de recuperação e, como em outras recessões, pode surpreender a todos com uma retomada antes do esperado.

No âmbito corporativo, o especialista aponta que não há nenhuma grande notícia que possa dar um rumo diferente ao pregão. Afetando o desempenho do índice, os papéis de maior liquidez perdem valor junto com as commodities.

Dentro do Ibovespa, Petrobras PN registrava queda de 2,40%, para R$ 17,86, e Vale PNA caía 4%, para R$ 21,59.

Entre as siderúrgicas, Gerdau PN recuava 3,20%, a R$ 13,31, e o papel ON da CSN diminuía 5,21%, negociado a R$ 22,92.

Apenas seis dos 66 papéis do Ibovespa apresentavam variação positiva. Sabesp ON ganhava 1,74%, para R$ 23,30, NET PN subia 1,44%, saindo a R$ 13,37, e Souza Cruz ON valorizava 1,08%, para R$ 46,50. Eletrobrás ON e PNB e VCP PN subiam menos de 1% cada.

Queda acentuada para os ativos da TIM. Depois de negar os rumores de venda da companhia na semana passada, a gerência da Telecom Italia reafirmou que o investimento no Brasil é estratégico. O papel ON perdia 12,92%, a R$ 5,66, e o PN desvalorizava 7,0%, para R$ 3,45.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG