Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa aumenta 0,50%; dólar registra avanço de 1,90%, a R$ 2,411

SÃO PAULO - A segunda-feira começa de forma positiva para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa tinha valorização de 0,50%, para 39.

Valor Online |

572 pontos, com giro financeiro em R$ 281 milhões.

Em Wall Street, os negócios não abriram e o índice futuro opera sem tendência definida. Os investidores aguardam a decisão final da Casa Branca sobre a ajuda às montadoras e mantêm certa cautela com as companhias do setor financeiro depois que os bancos europeus revelaram perdas milionárias em função da fraude elaborada pelo ex-presidente da Nasdaq Bernard Madoff.

O esquema de Madoff consistia em uma pirâmide financeira, que envolvia grandes rentabilidades para os investidores iniciantes, pagas com o dinheiro dos investidores mais antigos. O valor da fraude pode chegar a US$ 50 bilhões.

Os agentes aguardam os dados de produção industrial nos Estados Unidos. No Brasil, por aqui, o foco fica por conta do vencimento de opções sobre ações.

No câmbio, o dólar reverteu as perdas registradas no começo do pregão e voltou a ganhar valor ante o real. Segundo operadores, a semana concentra saídas de recursos de diversas empresas podendo somar mais de US$ 1,4 bilhão. O comportamento do dólar também dependerá da disposição dos investidores em continuar reduzindo suas posições compradas (apostas contra o real) no mercado futuro. Há pouco, a moeda norte-americana subia 1,90%, para R$ 2,411 na venda.

Dentro do Ibovespa, destaque para as ações da PN da Petrobras, que operam em forte alta acompanhando o preço do petróleo. Parte da alta também pode ser atribuída à cobertura de posições vendidas em função do vencimento de opções. Há pouco, o ativo avançava 3,67%, a R$ 23,43. A ação ON ganhava 2,97%, para R$ 28,42.

Bom desempenho também para as ações PN da Vale, que aumentavam 1,39%, a R$ 25,40. Os bancos recuperam as perdas da abertura, com o papel PN do Bradesco apresentando alta de 0,67%, a R$ 25,52. Itaú PN tinha valorização de 0,40%, a R$ 30,12. Recuperando parte das perdas da semana passada, as units da ALL Logística ganhavam 6,63%, saindo a R$ 9,97. Ganho de 4,45% para o papel ON da Rossi, que saía a R$ 3,75.

Na ponta vendedora, as ações PN e ON da TIM Part caíam mais de 4% cada, a R$ 4,28 e R$ 6,70, respectivamente. NET PN, Copel PNB e Souza Cruz ON perdiam mais de 3% cada.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG