Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa apresenta alta de 1,65%; dólar opera estável a R$ 2,37

SÃO PAULO - Seguindo a sinalização proveniente do mercado externo, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a segunda-feira em território positivo. Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa avançava 1,65%, para 37.

Valor Online |

473 pontos, com giro financeiro em R$ 104 milhões.

Em Wall Street, os negócios ainda não começaram, mas a indicação proveniente do mercado futuro é de abertura em alta. Na Europa, os investidores seguem na ponta compradora, puxando valorização de 2,20%, para a Bolsa de Londres. Já em Frankfurt, o índice Xetra-DAX subia 1,89%.

Sem indicadores de peso na agenda do dia, atenção voltada para o preço do petróleo, que volta a valer mais de US$ 40 o barril de WTI, refletindo a instabilidade no Oriente Médio, onde Israel segue atingindo alvos na Faixa de Gaza.

No câmbio, depois das perdas do começo do pregão o dólar opera estável ante o real, negociado a R$ 2,37 na venda. Na mínima a divisa foi transacionada a R$ 2,342.

De volta à Bovespa, a valorização no preço do óleo bruto puxa para cima as ações da Petrobras, que lideram os ganhos dentro do índice. Há pouco, o papel PN da estatal subia 3,72%, para R$ 22,82.

Ganho também para o ativo PNA da Vale que aumentava 2,09%, aos 24,40. As siderúrgicas têm valorização. A ação PNA da Usiminas era negociada a R$ 25,97, alta de 2,24%. Gerdau PN ganhava 2,18%, a R$ 14,97.

Entre os bancos, Bradesco PN tinha valorização de 1,66%, a R$ 22,58% e Itaú PN avançava 1,23%, para R$ 26,22.

Na ponta vendedora, as aéreas puxam as perdas em função do petróleo mais caro. GOL PN perdia 3,82%, para R$ 9,80, e TAM PN desvalorizava 2,93%, negociada a R$ 18,50.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG