Madri, 15 set (EFE).- O presidente do grupo espanhol Santander, Emilio Botín, citou hoje o Brasil e o México como exemplo de economias emergentes que estão se destacando na atual "fase de recuperação" que vive a economia mundial.

Madri, 15 set (EFE).- O presidente do grupo espanhol Santander, Emilio Botín, citou hoje o Brasil e o México como exemplo de economias emergentes que estão se destacando na atual "fase de recuperação" que vive a economia mundial. "A economia internacional está em fase de recuperação, com destaque para as economias emergentes, como, por exemplo, o Brasil e o México, países que Santander conhece muito bem", afirmou o presidente do maior banco da Espanha. Em seu discurso na 3ª Conferência Internacional de Bancos, na Cidade Financeira do Santander em Boadilla del Monte (Madri), Botín considerou, além disso, que os Governos dos países desenvolvidos "estão sentando as bases" para aumentar o crescimento potencial e assegurar a recuperação. Além disso, "estão implementando reformas em âmbitos tão importantes como previdência e mercado de trabalho", que junto aos ajustes fiscais permitam sanear as contas públicas, acrescentou. O Grupo Santander está presente em mais oito países: Portugal, Alemanha, Reino Unido, Brasil, México, Chile, Argentina e Estados Unidos. EFE eco-ep/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.