Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bombardier fecha acordo com a chinesa AVIC I para produção de fuselagem dos aviões da CSeries

SÃO PAULO - A canadense Bombardier fechou um contrato com a chinesa AVIC I para a fabricação da fuselagem dos aviões da família CSeries, lançada oficialmente nesta semana. O trabalho será feito pela subsidiária da companhia chinesa, a Shenyang Aircraft.

Valor Online |

Pelo acordo, os chineses vão fornecer os segmentos centrais da fuselagem dos novos aviões, juntamente com as portas, cauda e componentes da caixa de asas.

No ano passado, a Bombardier e a AVIC I já haviam assinado um memorando de entendimento para cooperação estratégica de longo prazo para aeronaves comerciais de entre 90 e 140 assentos. Como parte desse acerto, a canadense transferiu tecnologia à AVIC I para o desenvolvimento e venda do ARJ21, aeronave de 90 assentos da chinesa, voltado principalmente para o mercado interno da China. Atualmente, a AVIC I já produz segmentos da fuselagem do Q400 da Bombardier.

O valor do acordo não foi divulgado, mas representantes da companhia chinesa acreditam que o investimento na parceria será de centenas de milhões de dólares. Esse é um grande progresso para o programa de globalização da AVIC I, afirmou o vice-presidente de Aviação Comercial da empresa chinesa, Wang Yawei.

Nos vemos desenvolvendo um papel crescente na China como fornecedor e fabricante, afirmou o presidente e executivo-chefe da Bombardier, Pierre Beaudoin. Precisamos pensar globalmente para desenvolver parcerias além do nosso próprio quintal, acrescentou.

O acordo foi fechado durante o Airshow de Farnborough (Inglaterra), principal feira aérea mundial, que se encerra no próximo final de semana.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG