Farnborough (R.Unido), 15 jul (EFE).

- O grupo canadense Bombardier, terceiro fabricante aeronáutico do mundo, confirmou hoje que sua fábrica de Querétaro (noroeste da Cidade do México) se ocupará da montagem elétrica de seu novo avião, o CSeries, com o qual pretende medir forças com a Embraer.

"Por enquanto, a Querétaro se encarregará do arnês elétrico do CSeries", declarou à Agência Efe o presidente e executivo-chefe de Bombardier, Pierre Beaudoin, durante o segundo dia da Farnborough Air Show, feira aeronáutica londrina A empresa canadense surpreendeu o setor este domingo ao anunciar um programa para construir um novo avião, o CSeries, um aparelho de curto percurso, muito eficiente e com capacidade para até 130 passageiros.

Segundo os analistas, a Bombardier pretende desafiar os aviões menores da Airbus e da Boeing com esta aeronave, que não será uma realidade até 2013, assim como alguns modelos de seu grande rival, a Embraer.

A companhia canadense já anunciara em maio um investimento de US$ 250 milhões em uma segunda planta em Querétaro para a fabricação da estrutura do Learjet 85, uma aeronave da nova geração que entrará em funcionamento em 2012.

Atualmente, a Bombardier mantém em Querétaro um complexo onde são fabricadas estruturas como fuselagens, caudas e outras partes de avião. EFE pa/fh/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.