Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas tombam com medo de recessão

Os cortes de juros pelo BCE (0,5 ponto, para 3,25%) e Banco da Inglaterra (1,5 ponto, para 3%) não aliviaram as preocupações com a economia real, já que não se enxerga no horizonte perspectiva de melhora de cenário. Em reação, houve nova rodada de vendas de ações e de commodities e de compras de dólares.

Agência Estado |

Por isso, as bolsas caíram pelo mundo todo.

Na Ásia, o índice da Bolsa de Hong Kong perdeu 7,1%. Na Europa, o FTSE 100 da bolsa de Londres recuou 5,70%, e em Frankfurt, o DAX declinou 6,84%. Nos EUA, o índices acionários cederam mais de 4%. E no Brasil, a Bovespa desvalorizou-se 3,77% (36.361,91 pontos).

O dólar subiu 3,92%, a R$ 2,201 no balcão, mesmo após três leilões do Banco Central. O juro de janeiro de 2010 saltou para 15,47%, diante da cautela com uma ata do Copom que não deixou claro qual o rumo da Selic no curto prazo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG