Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas no mundo reagiram ontem às medidas contra crise financeira

SÃO PAULO - As iniciativas dos governos de países industrializados para combater a crise financeira devolveram o ânimo aos investidores ontem nas principais praças acionárias. Estimulados pelas garantias de que haverá liquidez no sistema bancário, os agentes voltaram a comprar ações.

Valor Online |

Governos da Europa, como Alemanha e França, decidiram recapitalizar bancos e reabrir os mercados de crédito. A administração britânica comunicou, por sua vez, medidas para a nacionalização do sistema bancário do Reino Unido.

Os bancos centrais europeus prometeram liberar recursos sem limites ao sistema financeiro em uma ação coordenada com o Federal Reserve (Fed). O Banco Central Europeu (BCE), o Banco da Inglaterra e o Banco Nacional da Suíça disseram estar prontos para injetar o quanto for necessário nos mercados.

Em Nova York, o Dow Jones Industrial avançou 11,08% e fechou aos 9.387,61 pontos. O Nasdaq Composite aumentou 11,81%, somando 1.844,25 pontos. O S & P 500 totalizou 1.003,35 pontos, com elevação de 11,58%.

Em Londres, o FTSE-100 terminou em 4.256,90 pontos, com valorização de 8,26%. Em Paris, o CAC-40 ganhou 11,18%, aos 3.531,50 pontos. Na Bolsa de Frankfurt, o DAX subiu 11,40%, atingindo 5.062,45 pontos.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG