Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas internacionais oscilaram ontem à espera de plano americano

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York fecharam em direções distintas ontem, em meio a incertezas sobre a aprovação dos planos americanos de incentivo à economia e de ajuda adicional aos bancos. Notícias e comentários no âmbito corporativo também pontuaram as operações ao longo do dia. O índice Dow Jones fechou com baixa de 0,12%, aos 8.

Valor Online |

270 pontos. O eletrônico Nasdaq fechou praticamente estável, com leve baixa de 0,01%, aos 1.591 pontos. Já o Standard & Poor´s 500 encerrou aos 869 pontos, com alta de 0,15%.

Rumores de que o governo americano estaria para salvar a Hartford Financial Services Group influenciaram as transações nesta tarde, promovendo um rali entre ações de seguradoras. Os papéis da seguradora fecharam em alta de 18,53% (US$ 15,03) em Nova York.

Também avançaram 13,87% (US$ 12,64) as ações da General Electric, devido à perspectiva de favorecimento da empresa no pacote de estímulo fiscal que está para ser avaliado no Congresso.

O principal índice de ações europeias obteve a quarta alta em uma série de cinco pregões, com destaque para os papéis do Barclays e para o setor de energia.

O índice de blue chips FTSEurofirst 300, principal referência dos mercados acionários europeus, subiu 0,6%, para 831 pontos, maior patamar de fechamento desde 13 de janeiro.

No ano, o indicador está agora praticamente estável, após ter acumulado perda de 45% em 2008 devido à crise do setor financeiro e à perspectiva de recessão global.

As ações de bancos avançaram, estimuladas pelo resultado melhor que o inicialmente esperado no Barclays. Outras ações do setor bancário que subiram foram as de Deutsche Bank, Unicredit e Commerzbank.

" Fundamentalmente, o mercado está se posicionando para um rali " , disse Darren Winder, diretor de pesquisa em macroeconomia e estratégia na Cazenove, em Londres.

Os papéis do setor de energia reduziram as perdas do início da sessão, à medida que os preços do petróleo avançavam. Os mercados acionários americanos operavam voláteis perto do fechamento das bolsas de valores europeias.

Em Londres, o índice Financial Times aumentou 0,37%, a 4.307 pontos. Em Frankfurt, o DAX subiu 0,48%, para 4.666 pontos. Em Paris, o CAC-40 avançou 0,39%, para 3.134 pontos. Na bolsa de Milão, o Mibtel encerrou com avanço de 1,10%, a 14.834 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,47%, a 8.584 pontos. Na bolsa de Lisboa, o indicador PSI20 teve alta de 0,25%, para 6.475 pontos.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG