Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas europeias têm máxima em 7 semanas, bancos sobem

LONDRES, 10 de março (Reuters) - As principais bolsas europeias tiveram uma quarta-feira de alta, fechando no maior patamar em sete semanas após duas sessões consecutivas de queda, com valorização no setor bancário e nas petrolíferas, reforçadas pela alta no preço do petróleo. O índice FTSEurofirst 300, que acompanha as principais empresas do continente, subiu 0,55 por cento, aos 1.058 pontos, maior nível desde 19 de janeiro.

Reuters |

Os bancos tiveram um dia positivo, com o HSBC, Société Générale, BNP Paribas, UBS e Deutsche Bank subindo entre 0,4 e 2,3 por cento.

"As notícias vindas dos Estados Unidos têm sido bem encorajadoras no setor de trabalho. Parece ter sido suficiente para atrair pessoas no mercado, que esperavam por alguma confirmação de atividade mais adiante", disse Geoff Wilkinson, chefe de pesquisa e investimento na Mint.

O setor de energia também foi positivo, reforçado por uma alta no preço do petróleo, que chegou a subir de 1 dólar para 83 dólares o barril depois que dados do governo dos Estados Unidos mostraram uma queda inesperada nos estoques de gasolina.

BP, BG, Royal Dutch Shell, Total e ENI subiram entre 0,8 e 1,5 por cento.

No outro lado, a Carlsberg cedeu 1,5 por cento em meio e renovados rumores de que a Rússia pode banir a venda de cerveja em quiosques.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,68 por cento, a 5.640 pontos

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,86 por cento, para 5.936 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 avançou 0,86 por cento, para 3.943 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 1,27 por cento, a 22.638 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 1,07 por cento, para 11.121 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve variação positiva de 1,48 por cento, para 7.976 pontos.

(Reportagem de Harpreet Bhal)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG