Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas europeias sobem; dados econômicos estão sob análise

SÃO PAULO - As principais bolsas da Europa operam em alta nesta quarta-feira, após a divulgação de uma série de dados econômicos. Na China, as exportações avançaram 45,7% em fevereiro em relação ao mesmo mês de 2009, para US$ 94,5 bilhões, superando a expectativa de alguns economistas, que era de um aumento de 38,3%.

Valor Online |

Porém, na Alemanha, as exportações caíram 6,3% em janeiro, contra dezembro de 2009, mas as importações tiveram alta de 6%. Na comparação com janeiro de 2009, as exportações da Alemanha cresceram 0,2%, enquanto as importações sofreram retração de 1,4%.

Há pouco, o DAX, de Frankfurt, subia 0,18%, para 5.896 pontos. Já em Paris, o CAC-40 registrava alta de 0,20%, aos 3.917 pontos. Em Londres, o FTSE-100 registrava ganho de 0,02%, aos 5.603 pontos.

O departamento de estatísticas ONS revelou que a produção industrial no Reino Unido encolheu 0,4% entre dezembro de 2009 e o primeiro mês deste ano. No mesmo período, o setor manufatureiro verificou queda de 0,9% na atividade.

Já na comparação com janeiro de 2009, a produção industrial total cedeu 1,5% no início deste calendário, mas o segmento manufatureiro registrou alta de 0,2%.

Entre os destaques de alta está a Munich Re, que há pouco crescia 0,2%. A companhia divulgou que espera um lucro líquido de mais de 2 bilhões de euros (US$ 2,7 bilhões) este ano, apesar da perda esperada causada pelo terremoto no Chile e pela tempestade Xynthia na Europa.

A Swiss Re também previu perdas por conta do desastre natural no Chile, de US$ 500 milhões antes de impostos, e operava próxima da estabilidade, revertendo a perda registrada no início da sessão. O setor de seguros como um todo deve ter um prejuízo de até US$ 7 bilhões, informou.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG