Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas européias reforçam baixa por setor varejista e de mineração

SÃO PAULO - O temor de que a desaceleração econômica global mine os ganhos das empresas continuou comandando o pessimismo nas bolsas européias hoje, que fecharam com perdas pelo segundo dia consecutivo. O FTSE-100, de Londres, fechou com queda de 0,05%, aos 4.505 pontos.

Valor Online |

Em Frankfurt, o DAX declinou 1,17%, para 4.879 pontos. O CAC 40, de Paris, encerrou aos 3.324 pontos, com recuo de 0,65%.

Entre os destaques de baixa as mineradoras foram afetadas pela retração dos preços do cobre no mercado londrino. As ações da BHP Billiton caíram 3,15% e as a Rio Tinto cederam 4,53%.

O setor varejista também foi dominado pelo mau humor após a Wal-Mart revisar para baixo a previsão de receita no trimestre final de 2008. As ações do Carrefour declinaram 3,71% em Paris.

Os analistas avaliam que antes que os pacotes econômicos comecem a gerar resultados, as empresas trarão números desastrosos. Hoje o presidente eleito Barack Obama voltou a reforçar a necessidade de agir com rapidez na aprovação do pacote de estímulo econômico pelo Congresso.

Sem isso, Obama menciona que a taxa de desemprego pode subir até 10%. Na zona do euro o desemprego alcançou taxa de 7,8% no mês de novembro, acima dos 7,7% verificados em outubro.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG