Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas européias invertem posição e operam em baixa

SÃO PAULO - As bolsas européias, que iniciaram o pregão desta segunda-feira em alta, agora operam no campo negativo, pressionadas pelo setor financeiro. A ajuda de US$ 147 bilhões anunciada hoje pelo governo britânico para aumentar a liquidez e estimular o crédito na economia do país já tem seu efeito minimizado.

Valor Online |

A notícia de que o banco britânico Royal Bank of Scotland (RBS) pode ter o maior prejuízo já registrado por uma empresa britânica - de até 28 bilhões de libras em 2008 - domina o clima tenso dos mercados da região. A queda das ações do RBS já chega a 42% em Londres.

Outra notícia que preocupou os investidores foi a de que a Comissão Européia revisou para baixo suas projeções para a economia da zona do euro. Na última estimativa da entidade, haveria um crescimento de 0,1%, enquanto nesta nova projeção, o PIB (Produto Interno Bruto) destes países deve sofrer uma retração de 1,9% neste ano. Segundo o estudo, o conjunto dos países do euro somente deve retomar o crescimento somente em 2010.

Há pouco, na Inglaterra, o FTSE-100 operava com queda de 0,41%, aos 4.130,03 pontos. O CAC-40 francês estava em baixa de 0,54%, com 3.000,38 pontos. Na Alemanha, o DAX caía 0,80%, aos 4.333,90 pontos.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG