SÃO PAULO - As bolsas européias fecharam ligeiramente em alta nesta sexta-feira, ajudadas pelos ganhos de empresas farmacêuticas e de seguradoras. O FTSE-100 subiu 1,46%, para 4.

288 pontos em Londres. Em Frankfurt, o DAX fechou aos 4.669 pontos, com avanço de 0,09%. O CAC 40, de Paris, subiu 0,38%, para 3.262 pontos.

As ações da Allianz ganharam 9,74% na bolsa alemã, onde os papéis do Commerzbank também avançaram 4,87%. Notícia de que a compra do Dresdner Bank pelo Commerzbank será concluída mais rápido do que o esperado colaboraram para a alta.

Em Londres, o destaque ficou com os papéis do HSBC, que tiveram valorização de 1,31%. As ações da Roche subiram 4,5% e as da Novartis ganharam 4,4%.

As operações, no entanto, continuaram tendo poucos negócios. Ontem Wall Street ficou fechada por causa do feriado Dia de Ação de Graças. Hoje, as bolsas dos Estados Unidos tiveram sessão mais curta. No âmbito macroeconômico, os investidores ficaram conhecendo a projeção para a inflação anual na zona do euro em novembro, de 2,1%. Em outubro, a taxa foi de 3,2%. Na semana que vem o Banco Central Europeu se reúne para definir o juro da região.

A baixa dos preços do petróleo barraram ganhos mais expressivos nas bolsas locais. As ações da Total, por exemplo, caíram 2,6% em Paris.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.