Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas européias fecham em baixa, influenciadas por perdas no setor de mineração e construção

SÃO PAULO - Afetada pelo desempenho negativo de ações dos setores de mineração e de construção civil, as bolsas européias encerraram o pregão desta quarta-feira com desvalorização. As perdas foram contidas pela recuperação de alguns papéis do setor bancário, como os do Deutsche Bank.

Valor Online |

No final das transações, o FTSE-100, de Londres, apontou queda de 0,98%, para 5.426 pontos. Em Frankfurt, o DAX teve baixa de 0,17%, para 6.305 pontos. O CAC 40, de Paris encerrou aos 4.341 pontos depois de tombar 2,11%.

Entre as baixas mais significativas estiveram as ações da construtora Taylor Wimpey, que caíram 49,80% após a empresa informar que não teve sucesso em seu aumento de capital. A empresa vai cortar 900 empregos. Também no mercado londrino, a empresa de material de construção CRH fechou com queda de 9,22%.

Também apontaram queda as ações do setor de mineração, como as da BHP que caíram 4,5% e da Rio Tinto, que cederam 4,4%, devido à forte baixa dos preços do cobre. A cautela tem a ver com o nível de crescimento global que poderia colocar em risco os níveis de demanda pelo produto.

Na ponta positiva, os papéis do Deutsche Bank subiram 3,9% devido à notícia de que o banco não precisa de capital adicional e que pode vir a reportar lucro no segundo trimestre.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG