Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil alcança superávit fiscal recorde no primeiro semestre

Rio de Janeiro, 30 jul (EFE).- O Brasil obteve no primeiro semestre do ano um superávit fiscal primário de R$ 86,11 bilhões, recorde para o período e o equivalente a 6,19% de seu Produto Interno Bruto (PIB), informou hoje o Banco Central.

Agência Estado |

420,7 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 avançou 1,85% e fechou a 4.400,55 pontos. A Bolsa de Frankfurt subiu 0,96% e fechou a 6.460,12 pontos. Em Milão, o índice S&P/MIB subiu 0,48% e fechou a 28.415 pontos. A Bolsa de Madri avançou 1,15% e fechou a 11.817,90 pontos. Em Lisboa, o índice PSI-20 subiu 0,63% e fechou a 8.460,89 pontos.

"Foi um dia bom para os lucros, com grandes empresas de diferentes setores anunciando números melhores que o esperado", disse James Buckley, administrador de fundos do Barings Asset Management em Londres. "Isto, junto com a queda nos preços do petróleo, fizeram um bom coquetel de ingredientes para ajudar o mercado em sua recente recuperação", acrescentou.

Os contratos futuros do petróleo operaram em baixa no início da manhã de hoje. Porém, após o anúncio de uma queda menor que o previsto nos estoques americanos da matéria-prima, o barril do petróleo passou a ser negociado em alta, na casa dos US$ 126,00 o barril, em Londres. Segundo o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE), os estoques de petróleo americanos caíram em 100 mil barris na semana encerrada na sexta-feira passada (dia 25), para 295,2 milhões de barris. Analistas esperavam queda de 1,1 milhão de barris na semana.

Ações

As ações do setor financeiro ganharam impulso com o anúncio do Fed, de que irá estender o período no qual os bancos de investimento podem tomar empréstimos por meio da linha de crédito emergencial para 30 de janeiro de 2009. Ao mesmo tempo, na agenda de indicadores macroeconômicos, o relatório da empresa de serviços ADP apontou um inesperado aumento nas vagas abertas no setor privado não agrícola dos EUA em julho, de 9 mil vagas. Economistas esperavam um declínio de 65 mil vagas. O indicador elevou as esperanças de que o declínio da economia dos EUA e o seu impacto sobre a economia global, podem ser relativamente breves.

Além disso, um fluxo de balanços positivos foi o fator básico por trás dos robustos ganhos dos mercados de ações da Europa. As ações da ArcelorMittal subiram 8,27% depois da siderúrgica ter anunciado um acentuado crescimento dos lucros no segundo trimestre deste ano. Além disso, a maior siderúrgica do mundo disse que espera gerar ainda mais lucro no terceiro trimestre de 2008, em virtude da alta dos preços e produção de aço.

O conglomerado alemão Siemens informou uma queda de 31% no lucro líquido no terceiro trimestre fiscal devido a um ganho extraordinário (de impacto em um único período) no ano passado. Por outro lado, a receita e as encomendas da empresa cresceram acima das expectativas e mostraram a capacidade de reação do grupo ao declínio econômico. As ações da Siemens fecharam em alta de 5,78%.

Entre as empresas que divulgaram números desapontadores, destaque para a gigante alemã Bayer, que anunciou uma queda de 13% no lucro do segundo trimestre deste ano, depois de um ganho excepcional no ano passado. As ações da Bayer fecharam em baixa de 1,94%. Em Milão, as ações da Telecom Italia caíram 4,30% depois que um importante acionista disse que o grupo necessita de uma forte estratégia e poderá ser forçada a buscar novos fundos dos investidores. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG