Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas européias amargaram mais um dia de perdas nesta sexta-feira, pressionadas mais uma vez por ações do setor financeiro. As preocupações com o baixo crescimento da economia americana e o alto preço do petróleo, que continua acima de US$ 100 nesta sessão, influenciaram negativamente o humor dos investidores.

O FTSE-100, de Londres, fechou com baixa de 1,36%, aos 5.884 pontos. Em Frankfurt, o DAX terminou com recuo de 1,67%, para 6.748 pontos. O CAC 40, de Paris, declinou 1,53%, para 4,790 pontos.

Os agentes temem que a crise americana leve a uma piora das perdas do setor bancário. Com isso, os destaques de queda da sessão vieram do setor bancário. As ações do banco UBS perderam 4,86% na bolsa suíça e as do HBOS perderam 5,36% em Londres. Também no mercado londrino, os papéis do HSBC caíram 1,79%. O banco divulgará resultados na segunda-feira.

Também sofreram baixas ações do Barclays (-4,7%) em Londres, e as da seguradora Allianz cederam 3,2%, acompanhada pela AXA, cujos papéis declinaram 2,6%.

No âmbito macroeconômico, a cautela em relação a uma recessão nos Estados Unidos cresceu com a baixa da confiança dos consumidores nos EUA, que caiu de 78,4 para 70,8 pontos de janeiro para fevereiro.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.