Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas européias disparam e fecham com ganho próximo de 10%

SÃO PAULO - As principais bolsas européias dispararam hoje e fecharam com altas históricas após o resgate do Citigroup pelo governo dos EUA. Contribuiu para a valorização o anúncio de um pacote de estímulo fiscal de 20 bilhões de libras que será implementado pelo Reino Unido.

Valor Online |

O índice FTSE 100, da Bolsa de Londres, fechou com alta de 9,84%, para 4.153 pontos. O CAC-40, de Paris, teve um salto de 10,09%, para 3.172 pontos. O DAX-30, de Frankfurt, avançou 10,34%, para 4.554 pontos.

As ações de mineradoras a subiram cerca de 20%, enquanto os papéis das petrolíferas também registraram ganhos de dois dígitos. As ações da Total ganharam 12,5% e os papéis da Shell tiveram alta de 13,7%.

No setor financeiro, os papéis do UBS disparam 21,4% com notícias dando conta de que o governo suíço poderá oferecer ajuda adicional à instituição. As ações do Barclays subiram 10% após a aprovação em assembléia do aumento de capital de 7 bilhões de libras.

Os mercados europeus também reagiram à forte disparada das ações em Nova York no final do dia na sexta-feira, quando as bolsas do Velho Continente já estava fechadas.

A alta em Wall Street na sexta-feira ocorreu com a divulgação da indicação de Timothy Geithner, atual presidente do Federal Reserve de Nova York, para a secretaria do Tesouro dos EUA. A nomeação foi confirmada hoje pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que voltou a defender um pacote de estímulo econômico para o país.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG