Tamanho do texto

LONDRES - As bolsas de valores européias caíram pelo terceiro dia seguido nesta quinta-feira, com investidores ainda preocupados com o destino do setor financeiro. O índice FTSEurofirst 300 recuou 0,65%, para 1.140 pontos. O índice já caiu mais de 24% no ano.

As ações de bancos apresentaram a maior perda setorial do índice, com os papéis do Societe Generale em baixa de 3,1%, do Fortis em queda de 2,1% e do BNP Paribas com declínio de 1,1%.

"Numa visão de 12 meses, não é provável que o setor financeiro apresente uma performance forte", disse Ronan Carr, estrategista para Europa do Morgan Stanley.

"A perspectiva de lucro para os bancos continuará a ser dificultosa, a dívida deve aumentar e o cenário de acesso a capital permanecerá difícil".

A confiança também foi abatida pela derrocada de cerca de 35% das ações do Lehman Brothers, enquanto Wall Street questionava se o banco de investimento sobreviverá depois de não ter anunciado a venda de ativos para cobrir perdas com investimentos ligados ao setor imobiliário.

O Lehman anunciou na quarta-feira prejuízo trimestral recorde de US$ 3,9 bilhões e informou que vai desmembrar ativos e vender uma parcela de sua unidade de gestão de investimentos.

Um retrato sombrio continua a assombrar os investidores.

Levantamento da Reuters com cerca de 200 economistas apontou que as maiores economias industrializadas do mundo ainda estão ameaçadas pela recessão neste ano, e que a chance disso ocorrer é maior agora que há um mês.

O presidente do Banco da Inglaterra, Mervyn King, disse que a perspectiva para o crescimento piorou. A economia britânica não conseguiu crescer no segundo trimestre pela primeira vez desde 1990 e muitos analistas têm dito que as coisas devem piorar.

As ações do Deutsche Bank caíram 2,6%. O banco declarou que está em negociações avançadas para adquirir participação no Deutsche Postbank.

As ações de mineradoras subiram, apesar da queda nos preços dos principais metais. Os papéis de BHP Billiton, Anglo American, Kazakhmys, Xstrata, Antofagasta e Rio Tinto avançaram entre 0,2% e 5,2%.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 0,89%, a 5.318 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,51%, para 6.178 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,81%, para 4.249 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 0,37%, a 21.420 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,4%, para 11.136 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve recuo de 0,55%, para 8.242 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.