Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas e moedas da América Latina encerram em baixa

Os renovados temores de recessão nas principais economias do mundo geraram novas perdas acentuadas nos mercados de ações e nas moedas dos países latino-americanos. Os mercados de ativos da América Latina mais uma vez seguiram de perto os dramáticos movimentos de Wall Street, onde o índice Dow Jones caiu 7,87%, ou 733 pontos, segunda maior queda em pontos de sua história.

Agência Estado |

Argentina

O índice Merval, da Bolsa de Buenos Aires, caiu 12,15%. Os piores desempenhos foram da Petrobras Brasil, que perdeu 23,08%, e da Tenaris, que caiu 19,98%. Outros papéis, como Siderar e os bancos Francês e Galícia, perderam mais de 10%. O peso fechou estável, a 3,23 pesos por dólar. O Banco Central manteve sua estratégia de injetar dólares no mercado.

México

Na Cidade do México, o índice IPC caiu 4,99%. Entre as blue chips (ações de primeira linha), as ações da fabricante de cimentos Cemex caíram 12% antes do anúncio do resultado trimestral da companhia, esperado para depois do fechamento do mercado. América Móvil caiu 4,2% e a mineradora de cobre Grupo Mexico registrou uma queda de 16%. O peso mexicano caiu para 12,8975 por dólar, de 12,3535 por dólar ontem.

Chile

O índice Ipsa, da Bolsa de Santiago, recuou 0,40%. As ações de empresas do setor de matérias-primas lideraram as perdas, arrastadas pela acentuada queda dos preços internacionais da maioria das commodities (matérias-primas), segundo operadores. No mercado de câmbio, o peso chileno fechou a 626,50 por dólar, de 611,00 por dólar ontem.

Colômbia

Em Bogotá, o índice IGBC caiu 6,4%. A queda do preço do petróleo contribuiu para o declínio do índice, uma vez que a estatal Ecopetrol SA responde por mais de 47% do peso do IGBC. As ações da Ecopetrol fecharam em baixa de 7,2%. No mercado de câmbio, o peso colombiano caiu para 2.316 por dólar - nível mais baixo desde 27 de novembro de 2006 -, de 2.251,19 por dólar no fechamento de ontem.

Peru

Na Bolsa de Lima, o índice geral caiu 8,56%, enquanto o índice seletivo de ações blue chips recuou 10,96%. A bolsa peruana também sofreu com a queda das commodities metálicas, uma vez que o país é um dos maiores produtores de metais básicos e preciosos do mundo. As ações da mineradora Southern Copper Corp despencaram 18,37%. No mercado de câmbio, o Banco Central do Peru interveio nas operações com a venda de US$ 112 milhões. Contudo, a moeda sol fechou em leve baixa, a 3,055 por dólar, de 3,041 por dólar no fechamento de ontem. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG