Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas dos EUA sobem com pechinchas e esperança sobre economia

NOVA YORK (Reuters) - As praças acionárias dos Estados Unidos encerraram a sessão mais curta desta quarta-feira em alta, depois de uma série de dados mostrarem fraqueza da economia em ritmo menor que o temido, e com a queda do petróleo e procura por pechinchas impulsionando os papéis de varejistas e empresas aéreas. O Dow Jones subiu 0,58 por cento, a 8.468 pontos. O Standard & Poors 500 avançou 0,58 por cento, a 868 pontos. O Nasdaq teve variação positiva de 0,22 por cento, a 1.524 pontos.

Reuters |

O Dow interrompeu uma sequência de cinco dias de quedas, enquanto S&P e Nasdaq subiram após dois dias de perdas.

O volume extremamente baixo --o menor desde 26 de dezembro de 2003-- ajudou a garantir os ganhos nesta sessão abreviada pela véspera de Natal que acabou às 16h (horário de Brasília).

Entre as ações beneficiadas pelo petróleo mais barato destacaram-se as da US Airways e as da Target Corp. O índice de empresas aéreas subiu 2 por cento.

O índice de varejistas do S&P 500 teve alta de quase 1 por cento.

Dados do governo mostraram pela manhã que os consumidores norte-americanos reduziram os gastos pelo quinto mês seguido em novembro, mês em que a renda caiu.

Mas os números não foram tão ruins quanto poderiam, levantando esperanças de que a economia pode já ter passado pelo pior.

"A expectativa é de que estamos no pior momento do que veremos em termos de crescimento do PIB e dos lucros", disse Scott Wren, estrategista sênior do Wachovia Securities.

"Todas as coisas que o Fed (Federal Reserve) está fazendo e todas as coisas que o governo de (Barack) Obama vai fazer (em relação à crise) são boas e as pessoas estão começando a olhar para isso."

(Por Leah Schnurr)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG