Tamanho do texto

Por Kristina Cooke NOVA YORK (Reuters) As bolsas de valores norte-americanas saltaram no final da sessão desta quinta-feira, com investidores buscando ações atingidas um dia após Wall Street registrar seu pior dia desde a crise de 1987 e com a alta de empresas de consumo em meio ao recuo nos preços do petróleo.

O índice Dow Jones teve alta de 4,68 por cento, a 8.979 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 4,25 por cento, a 946 pontos. O Nasdaq avançou 5,49 por cento, a 1.717 pontos.

Varejistas, como o Wal-Mart, e as companhias do setor de saúde impulsionaram os índices com os investidores apostando que seus resultados se provarão resistentes mesmo com uma desaceleração econômica.

Companhias de energia e de materiais, que foram fortemente atingidas na quarta-feira, se recuperaram, mesmo com os preços do petróleo caindo abaixo de 70 dólares por barril.

Em mais uma sessão extremamente volátil, o Dow oscilou dentro de uma faixa de 700 pontos. Operadores afirmam que os vencimentos de opções podem ter contribuído para a volatilidade.

As ações caíram fortemente durante a sessão, após dados mostrando que a atividade industrial da região do Meio-Atlântico recuaram para o menor nível em 18 anos, alimentando temores de uma forte recessão.

"Eu acho que isto é procura por preços baixos e existem algumas ações baratas por aí. Algumas destas ações em suas mínimas históricas", afirmou Warren Simpson, diretor-gerente da Stephens Capital Management.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.