Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas dos EUA caem puxadas por Dow Chemical e volume fraco

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários de Wall Street fecharam esta segunda-feira em queda, depois do anúncio de que uma joint venture entre o Kuweit e a gigante Dow Chemical foi desfeita, colocando em risco a planejada compra da Rohm & Haas pela Dow. Os investidores também seguiram temerosos com a desaceleração econômica global.

Reuters |

Os papéis de energia subiram e amenizaram as perdas após os preços do petróleo avançarem 6 por cento, refletindo o conflito em Gaza entre militantes do Hamas e israelenses que já deixou mais de 300 palestinos mortos.

O índice Dow Jones recuou 0,37 por cento, aos 8.483 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 0,39 por cento, a 869 pontos. O Nasdaq cedeu 1,3 por cento, a 1.510 pontos.

As ações da Dow Chemical caíram para o menor nível desde 1991, depois que o Kuweit decidiu encerrar um negócio avaliado em 17,4 bilhões de dólares.

A notícia aumentou preocupações de que a Dow, a maior companhia química dos Estados Unidos, não estará apta para completar sua oferta de compra da rival Rohm & Haas, a qual Dow acordou adquirir por 15,3 bilhões de dólares em julho.

A queda nos índices foi mais intensa por conta o fraco volume, disseram analistas. Espera-se que os negócios sejam fracos esta semana por conta do feriado de Ano Novo na quinta-feira.

(Reportagem de Deepa Seetharaman)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG