Os principais índices de ações de Wall Street voltam a registrar bastante oscilação no início desta tarde. O Dow Jones saiu do território positivo e caía 0,50% às 12h58 (de Brasília).

O Nasdaq avançava 0,70%, mas o S&P 500 recuava 0,61%. Pesa sobre o mercado o desempenho das ações da General Motors e do banco Morgan Stanley.

Os papéis da GM despencavam 17%, para US$ 5,68, depois de terem caído para menos de US$ 5,50, pela primeira vez desde 1950. Morgan Stanley tinha declínio semelhante em termos porcentuais. As duas ações fazem parte da lista de proibição temporária de vendas a descoberto pela SEC (CVM norte-americana), que expira à meia-noite.

Nos últimos pregões, o Morgan vem caindo apesar de garantias do grupo e da instituição financeira japonesa Mitsubishi UFJ Financial de que uma injeção de capital está correndo bem. Segundo o analista Sveinn Palsson, o que pesa sobre a GM e o Morgan continuam sendo as questões de crédito. "As pessoas estão preocupadas sobre como o aperto de crédito está afetando a economia e essas companhias estão no centro disso".

As ações da IBM subiam apenas 1,27%, mesmo após a companhia anunciar aumento de 20% no lucro líquido no terceiro trimestre. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.