Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de NY disparam após notícia sobre novo secretário do Tesouro

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York empreenderam um rali na segunda etapa das transações e subiram entre 5% e 6% no último pregão da semana. A recuperação ganhou impulso com notícias de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, deve nomear o presidente do Federal Reserve de Nova York, Timothy Geithner, para chefiar a secretaria do Tesouro, substituindo Henry Paulson.

Valor Online |


O índice Dow Jones fechou com alta de 6,54%, aos 8.046 pontos. O Standard & Poor's 500 avançou 6,32% e fechou aos 800 pontos. O eletrônico Nasdaq encerrou com 1.384 pontos, em alta de 5,18%.

A notícia foi bem acolhida pelo mercado, que vê o possível indicado como uma boa escolha para ajudar os mercados financeiros a sair da turbulência. A notícia acabou diminuindo o desconforto do mercado com as incertezas que rondam o Citigroup. As ações do segundo maior banco americano diminuíram a baixa de 35% para 16% logo após a notícia e acabaram fechando em queda de 19,96% (US$ 3,77).

Pela manhã, no entanto, os índices deram prosseguimento à trajetória de baixa vista na quinta-feira, com os investidores pouco animados diante da negativa do Congresso em relação a um pacote imediato de ajuda ao setor automotivo.

A valorização de metais e do petróleo também deu alívio às ações de mineradoras e de petrolíferas. Os papéis da Exxon Mobil, por exemplo, avançaram 10,80% (75,91)

Leia tudo sobre: wall street

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG