Tamanho do texto

Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam em baixa, em sua maioria, após dados do Conference Board revelarem um declínio na confiança dos consumidores norte-americanos em outubro. O índice Dow Jones foi a exceção e subiu 0,14%, para 9.

882,17 pontos, interrompendo uma sequência de duas sessões de perdas. O índice S&P 500 recuou 0,33%, para 1063,41 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 1,2%, para 2.116,09 pontos.

As ações da American Express fecharam em alta de 3,07%, liderando os ganhos entre os componentes do Dow Jones. A IBM subiu 0,45%, após anunciar planos para recomprar US$ 5 bilhões em ações. A Exxon Mobil e a Chevron também contribuíram para os ganhos do Dow Jones, subindo 2,29% e 1,51%, respectivamente.

O índice de confiança dos consumidores medido pelo Conference Board caiu de uma leitura revisada de 53,4 em setembro para 47,7 em outubro. Além disso, o índice de atividade industrial do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de Richmond caiu de 14 em setembro para 7 em outubro.

Segundo analistas, os investidores estão desenvolvendo um certo ceticismo quanto ao avanço de aproximadamente 50% nos índices acionários ao longo dos últimos sete meses. Levando em consideração a magnitude da alta, "não surpreende que haja algum recuo", afirmou Larry Smith, executivo-chefe de investimentos da Third Wave Global Investors.

Na Nyse, o volume somou 1,396 bilhão de ações negociadas, de 1,388 bilhão de ações ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,355 bilhões de ações, de 2,269 bilhões de ações ontem; 898 ações subiram e 1.832 caíram. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.