Tamanho do texto

As Bolsas de Nova York abriram o dia em baixa, reforçada após a notícia de um possível rebaixamento do rating (classificação de risco) de Portugal. As preocupações com os países endividados da Europa ofuscaram a criação de empregos no setor privado norte-americano em abril, anunciada hoje pela Automatic Data Processing/Macroeconomic Advisers (ADP/MA).

As Bolsas de Nova York abriram o dia em baixa, reforçada após a notícia de um possível rebaixamento do rating (classificação de risco) de Portugal. As preocupações com os países endividados da Europa ofuscaram a criação de empregos no setor privado norte-americano em abril, anunciada hoje pela Automatic Data Processing/Macroeconomic Advisers (ADP/MA).

Às 10h41 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,86%, o Nasdaq recuava 1,64% e o S&P 500 registrava baixa de 1,19%. Os índices são pressionados depois que a agência de classificação de risco Moody's colocou o rating de crédito de Portugal em revisão para possível rebaixamento.

Em meio aos receios com países europeus, os participantes do mercado não deram atenção ao relatório ADP/MA, que apontou criação de 32 mil vagas no setor privado dos EUA em abril. Na próxima sexta-feira, o governo dos EUA divulga seu relatório mensal sobre o mercado de trabalho do país, que inclui vagas no setor público e privado. Economistas esperam que a taxa de desemprego fique estável, em 9,7%.

Colabora para a tensão entre os investidores a greve geral que paralisa a Grécia nesta quarta-feira, uma tentativa da população grega de evitar os cortes orçamentários exigidos pela União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Houve confrontos em Atenas entre manifestantes e policiais, o que deixou mortos, e os transportes aéreo e terrestre estão congelados.

No campo corporativo, a Time Warner anunciou lucro recorde no primeiro trimestre deste ano. O lucro líquido da empresa cresceu 9,8%, para US$ 725 milhões. Já a News Corp. informou que seus ganhos diminuíram no primeiro trimestre e a baixa receita com filmes vai prejudicar os resultados do trimestre atual. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.