As Bolsas norte-americanas abriram em alta hoje, em uma tentativa de continuação dos ganhos de ontem em Wall Street, embora a alta do petróleo nesta manhã seja um contraponto ao estímulo de compra. Às 10h31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,21% e o S&P 500 ganhava 0,16%, enquanto o Nasdaq-100 caía 0,23%.

As ações da fabricante de alumínio Alcoa subiram mais de 3% no pré-mercado em Nova York e provavelmente, devem contribuir para os esforços de alta das bolsas. A alta das ações da Alcoa refletem o anúncio feito ontem pela empresa, depois do fechamento em Nova York, de que obteve lucro levemente superior ao previsto pelos analistas. O lucro líquido no segundo trimestre deste ano foi de US$ 546 milhões (US$ 0,66 por ação), o que representa um volume 23,6% inferior ao de ganho de US$ 715 milhões (US$ 0,81 por ação) apurado em igual período do ano anterior. A estimativa dos analistas era de lucro de US$ 0,64 por ação para o período.

Hoje, não está prevista a divulgação do balanço de nenhuma grande empresa do mercado. Mas os investidores devem observar o relatório sobre as condições dos estoques de petróleo nos Estados Unidos na semana passada, com potencial de alterar os preços da matéria-prima (commodity) no mercado futuro. O relatório será divulgado às 11h35 (de Brasília) e a expectativa é de queda de 1,4 milhão nos estoques da commodity. Às 10h31, o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em agosto subia 1,11% a US$ 137,55 o barril, na sessão regular da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês)

No setor de tecnologia, as ações do Google caíram 1% nmo pré-mercado em Nova York, com o jornal The Wall Street Journal dizendo que as receitas com o YouTube, pertecente ao site de buscas, serão inferiores às projetadas pela empresa. A notícia pesa no desempenho da Bolsa eletrônica Nasdaq.

Entre outras notícias de interesse para Wall Street estão a elevação para neutra, de abaixo da média do mercado, da recomendação do Wachovia Bank pelo Merrill Lynch. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.