Na volta do feriado do Dia do Trabalho nos Estados Unidos, as Bolsas de Nova York abriram em alta, graças à forte queda dos preços do petróleo no mercado internacional e à confirmação pelo Banco de Desenvolvimento da Coréia do Sul (KDB) de que negocia um investimento no banco de investimento Lehman Brothers. Às 10h31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,2%, o Nasdaq 100 avançava 1,35% e o S&P 500 operava em alta de 0,93%.

No mesmo horário, o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em outubro despencava 3,1%, a US$ 107,77 o barril na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês).

O petróleo WTI já perdeu US$ 10,00 em relação ao fechamento da última sexta-feira (dia 29) nas transações feitas na sessão eletrônica da Nymex, com investidores considerando que os danos causados pelo furacão Gustav nas instalações das petrolíferas na região do Golfo do México podem ter sido modestos. Na mínima, o WTI foi cotado a US$ 105,46 o barril, a menor cotação em cinco meses.

A retração do petróleo favorece os papéis do setor de aviação e das montadoras. No setor financeiro, as ações do Lehman Brothers subiram 7% no pré-mercado em Wall Street. Hoje, o Banco de Desenvolvimento da Coréia do Sul confirmou que está em negociações para um investimento na instituição, mas não forneceu detalhes sobre o valor a ser injetado nem sobre o tamanho da participação que pode adquirir.

No setor de tecnologia, o Google subiu 2% no pré-mercado em Nova York, após anunciar planos de introduzir seu próprio navegador de Internet, o Chrome, na mais recente guinada em sua batalha com a Microsoft sobre tecnologias de Internet importantes. O Google disse que o software foi criado para acelerar a navegação na rede e facilitar o uso de aplicativos sem a necessidade de fazer download de softwares para o computador. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre Wall Street

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.