As Bolsas de Nova York abriram hoje em alta, puxadas pelo resultado positivo da gigante de computadores Hewlett-Packard. Mas os investidores devem se manter atentos à retomada dos ganhos do petróleo.

A matéria-prima (commodity) oscila, diante da aproximação do horário da divulgação do relatório sobre estoques de petróleo nos Estados Unidos, às 11h35 (de Brasília).

Às 10h32 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,18% e o Nasdaq 100 avançada 0,51%. Já o S&P 500 tinha alta de 0,29%.

Ontem, as bolsas de Nova York caíram com força pelo segundo dia consecutivo, diante das preocupações com a saúde do setor financeiro e o aumento da inflação. Em nota ontem à noite, o Goldman Sachs concluiu que bancos fortes ficarão mais fortes, e bancos fracos continuarão enfraquecendo até que os problemas de crédito desacelerem. O Goldman também ampliou as estimativas de prejuízo ou reduziu as de lucro de muitos bancos de investimento, já que espera mais baixas contábeis e perdas. A instituição foi particularmente pessimista sobre o Lehman Brothers, e as ações do banco caíam cerca de 1% no pré-mercado.

Ontem, depois do fechamento, a Hewlett-Packard informou aumento de 14% no lucro líquido do seu terceiro trimestre fiscal, para US$ 2,03 bilhões (US$ 0,80 por ação). Excluindo itens extraordinários, o lucro subiu para US$ 0,86 por ação, acima das estimativas dos analistas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.