Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de NY abrem em alta, com dados de emprego

As Bolsas de Nova York abriram em alta hoje, com o mercado americano reagindo positivamente ao corte menor do que o esperado no número de vagas de emprego eliminadas nos Estados Unidos em julho, ainda que tenha sido o sétimo mês seguido de queda no número de postos de trabalho nos país. A taxa de desemprego, contudo, subiu para 5,7%, atingindo o maior nível desde março de 2004.

Agência Estado |

"A preocupação era se veríamos uma forte queda nas vagas. E ainda não vimos isso", explica Sean Simko, chefe de gestão em renda fixa da SEI Investments.

Às 10h31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,34%, o Nasdaq 100 avançava 0,13% e o S&P 500 tinha alta de 0,24%.

O corte no número de vagas de trabalho nos EUA estendeu-se a vários setores, incluindo manufatura, construção civil e indústria de serviços. O relatório, que inclui um pequeno aumento nos salários, sustenta a visão de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) manterá os juros em 2% ao ano na reunião da próxima semana e nas seguintes, disseram analistas.

O mercado, agora, aguarda o índice ISM sobre a atividade manufatureira em julho, em que a expectativa é de que fique abaixo do nível de 50, sinalizando contração.

Ações

No cenário corporativo, porém, o prejuízo de US$ 15,5 bilhões da montadora General Motors (GM) no segundo trimestre deste ano pode pesar no bom desempenho das Bolsas em Wall Street. Segundo a montadora, o resultado obtido entre abril e junho deste ano reflete despesas e baixas contábeis de US$ 9,1 bilhões no período e um forte declínio nas vendas na América do Norte. No pré-mercado em Nova York, os papéis caíram 7%.

Ainda na temporada de balanços, a empresa do setor de tecnologia RealNetworks anunciou prejuízo no segundo trimestre por conta do aumento de despesas. A companhia também previu um prejuízo maior no ano e um terceiro trimestre pior que o esperado. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG