Os principais índices de ações das Bolsas de Nova York abriram o dia em alta, mesmo após a divulgação das vendas no varejo em outubro e do índice de atividade industrial Empire State em novembro. Às 12h34, o índice Dow Jones avançava 0,55%, o Nasdaq subia 0,48% e o S&P 500 registrava alta de 0,70%.

As vendas no varejo dos EUA aumentaram 1,4% em outubro, acima da alta de 0,9% prevista por analistas, mas a queda de 1,5% anunciada originalmente para setembro foi revisada para um recuo de 2,3%. Além disso, o índice de atividade industrial Empire State, do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de Nova York, caiu de 34,57 em outubro para 23,51 em novembro, ficando bem abaixo da previsão média de analistas, que era de queda para 28,65. Outros componentes do índice também caíram acentuadamente.

O mercado, de todo modo, segue na expectativa pelo discurso do presidente do Fed, Ben Bernanke, às 15h15 (de Brasília). Diversos membros da instituição explicaram na semana passada por que o banco central dos EUA está relutante em elevar a taxa de juros, mesmo reconhecendo que o nível extremamente baixo da taxa contribui para a debilidade do dólar. "Os bancos centrais de maneira geral têm evitado sinalizar uma retirada iminente das medidas extraordinárias de política monetária, o que pode ser favorável a um ambiente de forte risco até o fim do ano", disse a analista para economias do G-7 da Tullett Prebon, Lena Komileva.

Entre os destaques no campo corporativo, General Motors disse que vai começar a pagar os contribuintes norte-americanos antes do planejado. JPMorgan Chase informou que está perto de comprar a corretora britânica Cazenove. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.