Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de Nova York terminam o dia em alta superior a 2%

O mercado de ações norte-americano acelerou os ganhos no finalzinho da penúltima sessão de 2008, impulsionado por compras de final de ano. O movimento de compra de pechinchas beneficiou algumas das ações que mais caíram em 2008, incluindo General Motors, Citigroup e Alcoa.

Agência Estado |

 

No entanto, apesar do fechamento positivo, até agora no ano, faltando uma sessão, o índice Dow Jones acumula uma queda de mais de 35%; o Nasdaq, uma perda de mais de 42%; e o S&P-500, um declínio de mais de 39%.

O índice Dow Jones subiu 184,46 pontos, ou 2,17% e fechou com 8.668,39 pontos. O Nasdaq avançou 40,38 pontos, ou 2,67%, e fechou com 1.550,70 pontos. O S&P-500 subiu 21,21 pontos, ou 2,44%, e fechou com 890,63 pontos, enquanto o NYSE Composite avançou 135,36 pontos, ou 2,45%, e fechou com 5.670,00 pontos.

As ações da GM subiram 5,56% depois que sua unidade de financiamento de veículos, a GMAC, obteve status de banco e recebeu US$ 6 bilhões em ajuda do governo federal do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês). Isso vai permitir à montadora de Detroit lançar novos incentivos para financiamento de veículos. Faltando uma sessão para encerrar o ano, as ações da GM acumulam até agora uma desvalorização de 85%. As ações da rival Ford fecharam em alta de 3,15%.

"Existe uma aceitação da realidade que, considerando o estado vulnerável da economia permitir a falência daquelas companhias agora seria simplesmente exacerbar os problemas do desemprego", disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de investimentos da Hartford, observando que as montadoras e indústrias relacionadas respondem por até 1 em cada 10 empregos nos EUA.

O sistema financeiro, que esteve no centro dos problemas, com muitos bancos tendo que buscar socorro do governo, está entre os setores com melhor desempenho nestes últimos dias do ano. JPMorgan subiu 4,13%, Citigroup ganhou 3,50%, Bank of America avançou 2,32% e American Express registrou alta de 1,69%.

Algumas ações de empresas do setor de consumo discricionário subiram, apesar da queda da confiança do consumidor norte-americano para novo nível recorde em dezembro (AT&T subiu 1,33%; McDonald's, 2,25%; e HP, 1,71%). Os dados apontando novo declínio nos preços das residências também não impediram a alta das ações das construtoras. Meritage avançou 16,32% e Beazer ganhou 8,66%. As ações da Alcoa fecharam em alta de 9,87% com ajuda da alta dos metais. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: bolsa de nova york

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG