Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de Nova York fecham pregão volátil perto da estabilidade

SÃO PAULO - Os principais índices das bolsas de Nova York fecharam perto da estabilidade hoje. Os investidores ficaram divididos entre a boa notícia do plano do governo americano para ajudar mutuários e a piora das previsões do Federal Reserve sobre a atividade econômica.

Valor Online |

O projeto para ajudar proprietários de imóveis contempla o refinanciamento e alterações nos empréstimos, entre outros pontos. A intenção é ajudar 9 milhões de donos de moradias que estão em dificuldades por causa da queda nos preços das casas e pagamentos inacessíveis. Foi bem-recebido pelo mercado, por significar que essas famílias terão mais renda para consumir.

Por outro lado, o Fed (banco central americano) reduziu sua estimativa para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) real em 2009. Agora, a autoridade monetária estima uma contração econômica entre 1,3% e 0,5%. Também piorou a expectativa para a taxa de desemprego, cuja faixa central de projeção está agora em 8,5% a 8,8% neste ano.

Diante destas notícias, o Dow Jones fechou estável, aos 7.555,63 pontos. O Standard & Poor's 500 declinou 0,1%, para 788,42 pontos, e o eletrônico Nasdaq fechou aos 1.467,97 pontos, em queda de 0,2%.

Entre os 30 componentes do Dow Jones, a maior queda foi do Bank of America, de 6,7%. General Motors perdeu 5,5% e Citigroup recuou 4,9%. Do lado positivo, a maior alta foi de Wal-Mart, com 3,6%, seguida por Procter & Gamble (+1,7%) e McDonald´s (+1,3%).

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG