Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de Nova York fecham no azul em sessão volátil

SÃO PAULO - Embora as preocupações do setor bancário tenham persistido após o anúncio de ajuda de US$ 400 bilhões ao Citigroup e ao Bank of America, os agentes preferiram aproveitar as ofertas nas bolsas americanas, que caíram a patamares muito baixos nesta semana. O Dow Jones fechou com aumento de 0,84%, para US$ 8.281 pontos.

Valor Online |

O Standard & Poor's 500 avançou 0,76%, para 850 pontos. O eletrônico Nasdaq fechou com 1.529 pontos, em alta de 1,16%.

As bolsas chegaram a abrir com alta relevante, repercutindo o pacote de ajuda financeira aos grandes bancos. Esse movimento cedeu bastante ao longo do dia, justificado pela preocupação dos agentes com os prejuízos trimestrais dessas mesmas instituições.

Ainda assim, os índices conseguiram fechar no azul, movidos principalmente por alguns preços baixos que atraíram compradores. Como destaque positivo, as ações da Intel fecharam com alta de 3,39% (US$ 13,74), após a empresa anunciar que a lucratividade pode melhor neste trimestre.

Os papéis do Bank of America voltaram a tombar 14,06% (US$ 7,15) mesmo com o socorro financeiro anunciado pelo governo dos EUA. O banco reportou prejuízo de US$ 1,79 bilhão no quarto trimestre de 2008. As ações do Citigroup, outro socorrido, terminaram com baixa de 9,33% (US$ 3,50), devido ao prejuízo de US$ 8,29 bilhões no mesmo período.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG