Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas de Nova York fecham em baixa por GE e espera por plano

SÃO PAULO - Depois de movimentos bruscos de perdas e ganhos, as bolsas de Nova York nesta quarta-feira demonstraram um comportamento discreto, com baixa mais modesta do que nos últimos dias. O movimento continua orientado pela tentativa do governo de aprovar o plano de resgate do setor financeiro dos EUA.

Valor Online |

Sem os US$ 700 bilhões previstos, o mercado continua temendo pela economia real e uma recessão profunda. O senado dos EUA avaliará a proposta nesta noite, depois de a câmara ter rejeitado a proposta na última segunda-feira.

O Dow Jones fechou com queda de 0,18%, aos 10.831 pontos. O Standard & Poor´s 500 terminou com baixa mais modesta, de 0,45%, aos 1.161 pontos, e o eletrônico Nasdaq cedeu 1,07%, para 2.069 pontos.

Entre as baixas do dia, destaque para ações do setor produtivo. Os papéis da Alcoa cederam 5,80% (US$ 21,27) e os da Caterpillar declinaram 4,45% (US$ 56,95), enquanto as ações da IBM fecharam com baixa de 5,73% (US$ 110.13).

A General Electric viu suas ações recuarem 3,92% (US$ 24,50) após anunciar que pretende vender US$ 12 bilhões de ações ordinárias em oferta pública.

A empresa já conseguiu colocação de US$ 3 bilhões em ações preferenciais, que serão compradas pela Berkshire Hathaway, holding do bilionário Warren Buffett. A holding tem opção de comprar outros US$ 3 bilhões em ações ordinárias, durante um prazo de cinco anos. As ações da GE sofreram forte pressão de manhã, quando o Deutsche Bank reduziu o preço justo da empresa justificando a decisão com preocupações na área de crédito.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: wall street

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG