SÃO PAULO - Os investidores e operadores na Europa não deixam de lado suas preocupações com a situação econômica mundial. Depois de dados piores do que o esperado sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos, os agentes consideram o desempenho do setor de serviços na zona do euro, que desacelerou em junho.

Trazia um pequeno alívio o desempenho das vendas no varejo da região da moeda comum europeia, com crescimento em maio, mas ainda assim não conseguiu reverter a queda apurada um mês antes. Há pouco, o londrino FTSE-100 aumentava 0,14%, para 4.844,72 pontos. O CAC-40, de Paris, cedia 0,04%, ficando em 3.347,17 pontos. Em Frankfurt, o DAX apresentava valorização de 0,07%, somando 5.837,96 pontos. Vale notar que hoje é feriado nos EUA, o que mantêm fechados mercados, bancos e repartições do governo. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.