SÃO PAULO - As bolsas da Europa operam em queda nesta sessão, em que os agentes acompanham o desempenho de montadoras, bancos e produtoras de matérias-primas. Segue a apreensão quanto à situação da Grécia, o que tem influenciado os negócios.

SÃO PAULO - As bolsas da Europa operam em queda nesta sessão, em que os agentes acompanham o desempenho de montadoras, bancos e produtoras de matérias-primas. Segue a apreensão quanto à situação da Grécia, o que tem influenciado os negócios. Além disso, os investidores souberam hoje que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro ficou estável no último trimestre de 2009, na comparação com o trimestre anterior. Trata-se de um dado revisado. Anteriormente, tinha sido divulgada uma expansão de 0,1% para a economia da região. Outro dado divulgado foi o referente aos pedidos da indústria alemã, que se mantiveram estáveis em fevereiro, após a alta registrada no primeiro mês do ano. O resultado, que conta com ajuste sazonal, foi melhor do que as estimativas de economistas, que previam retração ao redor de 0,5%, no comparativo mensal. Há pouco, o londrino FTSE-100 declinava 0,22%, aos 5.767 pontos. Já o CAC-40, de Paris, baixava 0,50%, aos 4.033 pontos. O DAX, de Frankfurt, registrava queda de 0,30%, para 6.233 pontos. A francesa Renault, a japonesa Nissan e a alemã Daimler acertaram formar uma aliança para desenvolver e fabricar carros elétricos, carros de passageiros e veículos comerciais leves. O acordo é baseado no princípio de uma participação cruzada de 3,1% entre as três empresas, que será realizada por meio da troca de ações. Há pouco, Renault e Daimler declinavam cerca de 1%. Entre os destaques de queda apareciam a BP, do setor petrolífero, com retração de cerca de 0,6%, e a mineradora Antofagasta, que diminuía 1%. Já as instituições financeiras Barclays, Société Générale, BNP Paribas e Deutsche Bank perdiam entre 0,3% e 1,7%. Por outro lado, Nokia tinha alta de cerca de 1% há minutos, depois de uma alteração na recomendação da UBS. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.