Fala, internauta! Qual a sua dúvida sobre a crise financeira? http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/10/02/bce_mantem_suas_taxas_em_425_1967344.html target=_topBanco Central Europeu mantém suas taxas em 4,25% http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/10/02/bolsas_de_toquio_e_seul_fecham_com_perdas_ante_temor_dos_agentes_1967294.html target=_topBolsas de Tóquio e Seul fecham com perdas ante temor dos agentes" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa sobem com pacote dos EUA

A aprovação do plano reformulado de resgate do sistema financeiro pelo Senado dos Estados Unidos na quarta-feira garante entusiasmo às bolsas no exterior hoje, especialmente na Europa, onde líderes de vários países da região discutem um eventual lançamento de seu próprio pacote na região. http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/10/01/fala_internauta_tire_suas_duvidas_sobre_a_crise_financeira_norte_americana_1956921.html target=_topFala, internauta! Qual a sua dúvida sobre a crise financeira? http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/10/02/bce_mantem_suas_taxas_em_425_1967344.html target=_topBanco Central Europeu mantém suas taxas em 4,25% http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/10/02/bolsas_de_toquio_e_seul_fecham_com_perdas_ante_temor_dos_agentes_1967294.html target=_topBolsas de Tóquio e Seul fecham com perdas ante temor dos agentes

Agência Estado |

Embora o pacote dos EUA tenha passado pelo Senado, sua concretização depende de aprovação também na Câmara dos Representantes, onde foi rejeitado segunda-feira (dia 29), causando enorme mal-estar nos mercados.

Espera-se que a Câmara aprecie o plano até sexta-feira. Sábado, os líderes europeus devem se reunir para discutir uma saída "européia" para os efeitos da crise em seus próprios bancos.

Ainda nesta quinta-feira o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, pode dar uma pincelada no assunto, durante entrevista regular após o encontro de política monetária do Banco Central Europeu (BCE). A decisão sobre o juro na zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) deve ser divulgada antes, às 8h45 (de Brasília) e as expectativas são de manutenção da taxa em 4,25% ao ano.

Às 8h43 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 1,45%, a de Paris avançava 0,95%, Frankfurt tinha alta de 0,52% e Madri ganhava 1,39%.

Os índices acionários europeus são impulsionados também pela prévia de resultado do banco suíço UBS, estimando lucro no terceiro trimestre deste ano, após quatro trimestres seguidos de prejuízos. O UBS disse que livrou-se de seus ativos podres. Os papéis do banco Halifax subiram 20%.

Na contramão dos bancos, as ações das montadores despencavam, em meio a preocupações com a direção que o resultado destas empresas irá tomar com a baixa demanda. As ações das fornecedoras de peças também cederam.

Ontem, as montadoras americanas divulgaram as vendas em setembro. No mês passado, Ford, Toyota Motor e Honda Motor tiveram declínio em suas vendas de 35%, 32% e 24%, respectivamente, enquanto a GM, que na ocasião praticou preços promocionais em homenagem ao aniversário do grupo, registrou declínio de 16%.

Esta manhã, as ações da Volkswagen recuaram mais de 2%. A Audi of America, unidade da Volkswagen, informou ontem queda de 5,4% em suas vendas nos EUA em setembro. As ações da BMW perderam 2,9% - suas vendas caíram 25,8% nos EUA em setembro - e as da Porsche caíram 3,4% - as vendas cederam 44,8% nos EUA em setembro. As ações da companhia francesa de peças Valeo caíram 4,2%. As informações são da Dow Jones.

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre o plano de resgate financeiro dos EUA

Leia tudo sobre: bolsas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG