Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa operam em baixa, em sessão difícil para bancos

SÃO PAULO - As bolsas da Europa operam em baixa nesta quarta-feira, pressionadas pela queda da produção industrial da zona do euro e por notícias pessimistas que atingem o setor financeiro. A agência oficial de estatísticas, Eurostat, divulgou hoje que a produção industrial da zona do euro recuou 1,6% em novembro perante o mês anterior, quando também houve decréscimo de 1,6%. O resultado foi pior na comparação com novembro de 2007, quando a atividade encolheu 7,7% na região.

Valor Online |

Além destes dados, o recuo dos papéis dos bancos também mostrou o clima tenso nos mercados da Europa. Logo no início da manhã, o Deutsche Bank divulgou um prejuízo de 4,8 bilhões de euros no quarto trimestre de 2008. Este resultado fez com que o o prejuízo em todo o ano passado ficasse em torno de 3,9 bilhões de euros.

O Barclays também colaborou para pressionar as bolsas da região. O banco britânico divulgou hoje que deverá cortar cerca de 2 mil empregos no departamento comercial do Reino Unido. Ontem a instituição já tinha anunciado a demissão de 2.100 empregados em sua divisão de investimentos.

O HSBC completou o quadro, com a afirmação do Morgan Stanley de que os lucros do HSBC devem sofrer forte queda este ano e não deverá ser retomado até 2011. Com a notícia, as ações do banco chegaram a cair 7,9% neste pregão.

O índice FTSE, de Londres, há pouco registrava queda de 3,62%, marcando 4.240,94 pontos. O DAX alemão opera com baixa de 3,08, aos 4.493,75 pontos. O CAC-40 de Paris está a 2,61% no campo negativo, operando aos 3.114,47 pontos.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG