Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa fecham no vermelho; Londres e Paris cedem mais de 1%

SÃO PAULO - Os mercados acionários da Europa encerraram nova jornada em queda, sem conseguirem manter os ganhos registrados no começo desta sessão. Os agentes seguiram as oscilações de papéis do setor alimentício, farmacêutico, bancário e de mineração.

Valor Online |

O movimento em Wall Street e os esforços dos governos para tentar frear a crise foram levados em conta neste pregão.

Alguns analistas avaliaram como positivas as ações tomadas ontem por vários bancos centrais, de cortar as taxas de juro. Para eles, isso traz um certo alívio porque mostra que são capazes de agir em conjunto. Ao mesmo tempo, persistem uma série de preocupações, especialmente quanto à perda de dinamismo da atividade econômica.

Em Londres, o FTSE-100 caiu 1,21%, aos 4.313,80 pontos. O CAC-40, de Paris, terminou em 3.442,70 pontos, com recuo de 1,55%. O DAX, de Frankfurt, diminuiu 2,53%, ficando em 4.887 pontos.

Desvalorizaram as ações do Barclays, Unilever, GlaxoSmithKline, Danone, Peugeot, Carrefour, RWE e Continental, entre outras.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG