As principais bolsas europeias terminaram o dia em queda, mesmo diante da recuperação das ações de algumas empresas do setor bancário, pressionadas pelo fraco desempenho dos papéis de companhias petrolíferas e do setor farmacêutico. O índice de ações pan-europeu Dow Jones Stoxx 600 recuou 0,6%, para 184,52 pontos, puxado pelo declínio nas ações de empresas dos segmentos farmacêutico e petrolífero.

A Royal Dutch Shell caiu 3,23% e a Eni perdeu 2,93%. A GlaxoSmithKline recuou 4,37%.

Em termos de mercados locais, o índice londrino FT-100 caiu 31,52 pontos, ou 0,77%, e fechou com 4.059,88 pontos; em Paris, o índice CAC-40 perdeu 19,71 pontos, ou 0,67%, e fechou com 2.905,57 pontos; em Frankfurt, o índice DAX-30 teve alta de 21,30 pontos, ou 0,50%, e fechou com 4.261,15 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 caiu 45,80 pontos, ou 0,55%, e fechou com 8.230,70 pontos; em Milão, o índice S&P/MIB recuou 392 pontos, ou 2,07%, e fechou com 18.554 pontos; em Lisboa, o índice PSI-20 teve declínio de 70,28 pontos, ou 1,12%, e fechou com 6.224,03 pontos.

Após dois dias de perdas consideráveis, hoje o setor bancário registrou uma leve recuperação.

As ações do Société Générale subiram 10,29% depois de o banco anunciar que terá equilíbrio financeiro no quarto trimestre e que seu nível de capital Tier 1 - medida de solidez financeira - aumentará de 8,5% para aproximadamente 9% depois de o banco receber parte do auxílio anunciado pelo governo francês ao setor financeiro. Além disso, estrategistas do Standard & Poor's Equity Research elevaram a recomendação das ações do grupo de "manter" para "comprar".

O UBS e o HSBC também estavam entre os bancos que recuperaram parte das perdas acumuladas nas últimas sessões, avançando 8,55% e 6,29% respectivamente. O Royal Bank of Scotland, que sofreu perdas substanciais nas duas sessões anteriores, subiu 21,36%.

A Ericsson subiu 11,79% e deu o tom ao setor de equipamentos de telecomunicação. A empresa sueca divulgou uma queda de 31% no lucro do quarto trimestre por conta de custos de reestruturação e de perdas na divisão de celulares. No entanto, as vendas subiram, algo visto como uma boa notícia pelo investidores, levando em consideração o momento de dificuldade no mercado. A Ericsson também divulgou planos para cortar 5 mil vagas de trabalho.

A mineradora BHP Billiton, que anunciou a suspensão por tempo indeterminado das operações na mina de Ravensthorpe, na Austrália, e a redução das atividades na mina Mount Keith, subiu 1,04%.

O diretor-financeiro da BHP, Alex Vanselow, disse que a empresa cortará aproximadamente 6 mil funcionários devido aos impactos do enfraquecimento na demanda por seus produtos e que os resultados até 31 de dezembro eram fortes, levando em consideração o contexto econômico desafiador. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.